Bênçãos do Eterno Deus

Por Despertai

Ouve-se falar quase todos os dias que no Brasil há um enorme contingente de desempregados. Sem dúvida, um país de dimensões continentais, precisaria de ter uma expansão econômica considerável, para dar lugar a tantos necessitados. No meio dessa gente, estão muitos que se dizem crentes. No entanto, se são crentes no Deus de Israel, por que estão sem emprego? Jesus disse no discurso do monte, onde trata demoradamente sobre o morar, vestir e comer, que todas essas coisas necessárias, seriam acrescentadas na nossa vida. Colocou, porém, uma condição, sem a qual não receberíamos o pão diário: buscar primeiro a justiça do Reino.

Então, se você é crente e está sem emprego, com a vida enrolada, vale a pena refletir sobre como tem sido seu dia a dia com o Cristo. É evidente que todos logo dirão que estão em dia, porque vão à igreja, pagam dízimos, participam de campanhas, fazem ofertas, etc. A vida com o Eterno Deus, seria isso mesmo? Deus estaria interessado na sua oferta ou no dízimo que você paga aos pastores? Vejamos o que disse o filho de Deus: “Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade”.


Como se pode notar, não tem nada a ver com doações, ofertas e campanhas, feitas com intenção de arrecadar dinheiro. Pior, não é pouco dinheiro não! Então, deve haver algo errado com sua maneira de viver a fé, ou com o lugar onde você frequenta. Abra os teus olhos enquanto pode. Deus quer ser adorado em espírito e isso, quer dizer, em ações que partem do teu coração. Com certeza não é o que você faz na igreja que vai contar pontos a seu favor, mas como vive em sua casa, nas ruas ou no lugar onde você trabalha. Pense bem! Um crente é um servo de Deus e servo de todos. É assim que você tem se comportado?

Se não entendermos as diretrizes básicas da vida com Deus (e isso não tem nada a ver com religião), seguiremos crentes, porém, amaldiçoados até o fim dos nossos dias. Pense nisso! Shalom!



POVO DE CORAÇÃO REBELDE

  "Porventura não me temereis a mim? diz o Senhor; não temereis diante de mim, que pus a areia por limite ao mar, por ordenança eterna, que ele não traspassará? Ainda que se levantem as suas ondas, não prevalecerão; ainda que bramem, não a traspassarão. Mas este povo é de coração rebelde e pertinaz: rebelaram-se e foram-se." (Jeremias 5.22,23)
 

PARTICIPE do Projeto Despertai!

Comente nossas publicações!

_______________

Precisa de ajuda?

FALE CONOSCO